Pretos Velhos


 São entidades que tiveram pela sua idade avançada, o poder e o segredo de viver longamente através da sua sabedoria. Apesar da rudeza do cativeiro demonstram fé para suportar as amarguras da vida. Se apresentam como velhos escravos que viveram nas senzalas, morreram no tronco, de velhice ou de doença, e que adoram contar as histórias do tempo do cativeiro. Sábios, ternos e pacientes, dão o amor, a fé e a esperança aos seus filhos. Consequentemente, são entidades de elevada sabedoria trazendo esperança e quietude aos anseios dos que os procuram para amenizar suas dores.
São mandingueiros poderosos, sentado em seu banquinho, fumando seu cachimbo, benzendo com seu ramo de arruda ,rezando com seu terço, demandam contra o baixo astral e suas baforadas são para limpeza e harmonização das vibrações de seus médiuns e de consulentes. Costuma-se dizer que o que um Exu faz, um Preto Velho desmancha, mas o que um Preto faz, o Exu não chega nem perto.
São os Mestres da sabedoria e da humildade, e nos auxiliam em nossa caminhada, com conselhos e vibrações de amor incondicional. Também são mestres dos elementos da natureza, a qual utilizam em seus benzimentos.

Saravá os Pretos Velhos!



4 comentários:

  1. Olá. Gostaria de saber detalhes sobre André Caitumba

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiz
      Infelizmente não localizamos nenhuma referência do mesmo.

      Excluir
  2. PEDRO ADRE CAETANO13 de maio de 2014 00:02

    GOSTARIA DE SABER SOBRE ANGOLA CASSANJE

    ResponderExcluir