Orixás

Nos primórdios de sua civilização, o povo africano acreditava que forças sobrenaturais, impessoais, espíritos ou entidades estavam presentes ou corporificados em forças da natureza. Tementes de seus perigos, que punham em risco constante a vida humana, perigos que eles não podiam controlar, esses antigos africanos ofereciam sacrifícios para aplacar a fúria dessas forças, doando sua própria comida como tributo que selava um pacto de submissão e proteção e que sedimentavam as relações de lealdade e filiação entre os homens e esses espíritos da natureza. Muitos desses espíritos passaram a ser cultuados como divindades, mais tarde designados Orixás, detentores do poder de governar aspectos do mundo natural, como o trovão, o raio e a fertilidade da terra; enquanto outros foram cultuados como guardiões de montanhas, cursos d’água, árvores e florestas. Todo ser humano nasce sob a influência de um Orixá e a cada um deles está associado uma personalidade e um comportamento diante do mundo, sendo que uma parte dessas emanações está presente em cada filho seu. Todo Orixá assentado é individual, tendo seu próprio segredo, seu nome, o que o diferenciará de todos os demais. Quando cultuado corretamente, maior será a integração, o desenvolvimento, a energia, o axé e, portanto, maior será o elo de ligação com o nosso Orixá.

ORI = CABEÇA
XÁ = SENHOR
ORIXÁ = SENHOR DA CABEÇA


13 comentários:

  1. Muito interessante,adorei conhecer a história da minha Mãe Iansã.

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Bem legal não só por isso mas também por que mostra as rezas de Bará a Oxalá

    ResponderExcluir
  3. tenho muiita curiosidade em sabe dessa religiiao .. pois eu admiro muiito

    ResponderExcluir
  4. meus amigos dizem que chamo muita atençao
    e ate pessoas desconhcidas dizem que sou
    muito elegante e charmossa meus amigos dizem que Oxum
    reina em mim gostei muito de ter lido as caracteristicas da minha mae Oxum bem interessante...

    ResponderExcluir
  5. Ficamos felizes que estejam gostando de nossas postagens, se tiverem alguma sugestão de matéria ou alguma dúvida é só comentar.

    ResponderExcluir
  6. Tudo que um recém iniciado e curioso, que nem eu, precisa! Parabéns pela iniciativa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Charlles, que bom que esteja gostando do blog.
      Axé!

      Excluir
  7. Patrick de odé muito axé!

    ResponderExcluir
  8. Bom dia parabéns pelo site. Onde eu consigo a chamada completa dos Orixás tipo nome e sobrenomes ex
    Sobrenomes de Orixá
    Lodê, Lanã, Tiriri, Adague, Burucu, Baluaê, Agelú,Toquí, Demí, Alupandá, Bi, Lêba, Abanadá, bô, Tolabí

    ResponderExcluir
  9. Olá, as qualidades dos Orixás você encontra no blog mesmo, nas postagens individuais de da Orixá à esquerda da tela. Porém as diginas não são usadas nas chamadas,isso é individual de cada filho.

    ResponderExcluir
  10. Olá boa noite parabéns pelo belícimo trabalho muito rico em conhecimentos bem esclarecedores e muito importante para a divulgação de nossa religião de matris africana
    tenho visitado todos os dias
    eu não achei nem um assunto referente a ecós por aqui talvez tenha e eu que nao tenha achado
    grato e feliz pelo site como esse axé e oxéu atodos e em especial a Luciana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alan, agradeço o elogio e quanto a postagem sobre ecós a mesma acabou de ser publicada, obrigado pela sugestão.

      Excluir