20 de janeiro de 2013

O idioma

O Yorubá (Èdè Yorùbá, "idioma iorubá") é um idioma da família linguística nigero-congolesa, e não é uma língua morta, como se ouve por aí, pois o mesmo é falado por mais de 30 milhões de pessoas. Com determinadas variações regionais, é falado na parte oeste da África, principalmente Nigéria, República do Benin, Togo e Serra Leoa. Nesses países, o yorubá não é o idioma oficial, mas está sempre presente. Porém não é só no continente africano que o idioma é falado. Devido ao tráfego negreiro, há a presença do yorubá também no Brasil, onde o idioma sobrevive através da nossa religião. Segundo diversos pesquisadores, o termo yorubá é recente. Sendo ainda o idioma bem novo em matéria de escrita, pois só em 1852 foi passado para o papel, e antes disso foi chamou de Yariba. A extensão figurativa do uso da palavra para abranger outros significados é mais usada entre os Yorubás do que em muitos outros idiomas. Algumas frases, se não forem bem compreendidas, poderão sugerir outras interpretações. O yorubá raramente inventa uma palavra, pois procura combinar a semelhança do novo objeto já familiar, e então a composição é formada para designar o novo objeto. 
Acreditamos que a linguagem é a chave cultural de um povo e sem revermos seus aspectos, origens e formas, não podemos nos firmar dentro da religião, pois a mesma é tão importante quanto os fundamentos em si. Lamentavelmente se tornou cada vez mais comum vermos pessoas repetindo aquilo que ouvem de forma totalmente errada, sem ao menos se preocupar em saber como pronunciar corretamente a saudação do seu próprio Orixá. Por isso se torna tão importante entendermos aquilo que estamos falando sem inventarmos palavras ou entonações que não existem, com a justificativa de que temos que adequar o idioma ao nosso para facilitarmos sua pronúncia na hora do canto.
O idioma yorubá é originalmente tonal e de tradição oral, sendo assim até hoje em algumas localidades. Sendo tonal indica que uma mesma palavra assume diferentes significados de acordo com a entonação, que é indicada por acentuações específicas. Essas acentuações não têm a mesma função que em nosso idioma, por isso devem ser vistas e absorvida de outra maneira, pois cada uma delas define a pronúncia correta. Quando uma palavra não é acentuada, isso faz grande diferença pois modifica todo o seu sentido.


O alfabeto yorubá é composto por 25 letras:
A B D E  F G GB H J K L M N O  P R S Ṣ T U W Y

A acentuação é utilizada da seguinte forma:
A é pronunciado com som aberto (agudo)
 é pronunciado com som aberto (agudo)
E é pronunciado com som fechado (grave)

 é pronunciado com som aberto (agudo)

O é pronunciado com som fechado (grave)

U é pronunciado com som aberto (agudo)


acento agudo (´) é pronunciado em tom alto
acento grave (`) é pronunciado em tom baixo
A ausência de acentuação é pronunciada em tom médio
til (~) significa a repetição da vogal (ã = aa, õ = oo)
ponto abaixo de uma vogal () indica que seu som é aberto
ponto abaixo de uma consoante (Ṣ) indica seu o som como X

O N separado ou junto de uma palavra será sempre pronunciado como “um”. Exemplo: “nlo” pronuncia-se “unló”

As vogais são assim pronunciadas:
A tem o som como na palavra água
È tem o som como na palavra ela

É tem o som como na palavra serrote

tem o som como na palavra céu, pé

Ò tem o som como na palavra porta

Ó tem o som como na palavra pôr

tem o som como na palavra só

U tem o som como na palavra uva


As consoantes são assim pronunciadas:
B tem o som como na palavra bola
D tem o som como na palavra dia
F tem o som como na palavra ficar
G tem o som como na palavra gaga, nuca como gelo
GB tem o som como na palavra giba, porém sem o “i” (gba)
H tem o som aspirado como na palavra house
J tem o som como na palavra djalma
K tem o som como na palavra kaká
L tem o som como na palavra livro
M tem o som como na palavra milho
N tem o som como na palavra nova
P tem o som como na palavra pinheiro (O som de KP tem que ser lido junto)
R tem o som como na palavra rapaz
S tem o som como na palavra sapo
tem o som de “x” como na palavra xampu
T tem o som como na palavra taça
W tem o som como na palavra wilson
Y tem o som como na palavra york

Fonemas

Vogais
Consoantes
A
E
I
O
U
B
bi
D
di
F
fi
G
guê
gué
gui
GB
güá
güê
güé
güi
güô
güó
güú
H
rrá
rrê
rré
rri
rrô
rró
rrú
J
djá
djê
djé
dji
djô
djó
djú
K
quê
qué
qui
L
li
M
mi
N
ni
P
puá
puê
pué
pui
puô
puó
puú
R
ri
S
ssá
ssê
ssé
ssi
ssô
ssó
ssú
xi
T
ti
W
Y

Dia 21 de Janeiro - Dia de Odé e Otim

Odé e Otim são Orixás da caça, da pesca e das descobertas. Regem a fartura, o fundo das matas e tudo o que vive nelas. São cultuados juntos, sendo um casal que nunca se separa, comendo inclusive da mesma comida. Não se sacrifica para um sem dar para o outro, os animais são os mesmos, mudando apenas o sexo.


Oferenda para Odé e Otim:
Chuletas de porco
Farinha de mandioca

Que nunca nos falte a fartura em nossa mesa e a riqueza em nossos corações!
Okê Okê Bambo Odé!
Iamorô Otim!