3 de agosto de 2013

Pretos Velhos e seus nomes

Pretos Velhos são entidades que se apresentam como velhos africanos que viveram nas senzalas como escravos e que morreram no tronco ou de velhice, e adoram contar as histórias do tempo do cativeiro. São entidades que tiveram pela sua idade avançada, o poder e o segredo de viver longamente através da sua sabedoria e apesar da rudeza do cativeiro demonstram fé para suportar as amarguras da vida. São mandingueiros poderosos, sentados em seus banquinhos, fumando seu cachimbo, benzendo com seu ramo de arruda, rezando com seu terço e aspergindo sua água fluidificada, são os mestres da sabedoria e da humildade. Os Pretos Velhos apresentam-se com nomes que permitem identificar a sua Nação de origem, tal como acontecia na época da escravidão:

- Aruanda
Ex: Pai Francisco de Aruanda. Refere-se a Pretos Velhos ativos na linha de Oxalá.

- Calunga, Cemitério ou das Almas
Ex: Pai Francisco da Calunga, Pai Francisco do Cemitério ou Pai Francisco das Almas. Refere-se a Pretos Velhos ativos na linha de Omulu.

- Congo
Ex: Pai Francisco do Congo. Refere-se a Pretos Velhos ativos na linha de Iansã.

- D’Angola
Ex: Pai Francisco D’Angola. Refere-se a Pretos-Velhos ativos na linha de Ogum.

- Matas
Ex: Pai Francisco das Matas. Refere-se a Pretos-Velhos ativos na linha de Oxóssi.

Alguns nomes de Pretos-Velhos:
Pai João, Pai Joaquim, Pai José, Pai Francisco, Pai Jacó, Pai Benedito, Pai Anastácio, Pai Jorge, Pai Luís, Pai Maneco, Pai Mané,  Pai António, Pai Cipriano, Pai Roberto, Pai Tomás, Pai Guiné, Pai Jobim, Velho Liberato...
Alguns nomes de Pretas Velhas:
Maria Conga, Vó Catarina, Mãe Maria, Mãe Cambina, Mãe Sete Serras, Mãe Cristina, Mãe Mariana, Mãe Cambinda, Vó Cecília, Vó Quitéria, Vó Ana, Maria Redonda, Vovó Maria Conga, Vovó Rita, Vovó Joana...

Nenhum comentário:

Postar um comentário