7 de fevereiro de 2013

I
Ia ia - Avó
Iá-Efun - Especialista ritual encarregada das pinturas corporais durante o
período de iniciação
Iaô - Filha de santo novo na religião
Ibá - Colar cheio de objetos ritualístico
Ìbà - Homenagem em respeito aos Orixás
Ibà pójúpójú - Febre muito alta
Ìbamolè - forças espirituais que são merecedoras de respeito
Iban - Queixo
Ìbanújé - Tristeza
Ìbere - Origem
Ìbí - Nascimento
Ìbínu - Raiva
Ibiri – O Cetro usado por Nanã, com uma das pontas recurvada
Ibó - Lugar de adoração
Ibô - Mato
Ibòòji - Sombra
Ibúlè - àrun - Leito de doença
Ibúlè - ikú - Leito de morte
Ibùsùn òkú - Cemitério
Idà - Espada
Ida-oba - Espada do Rei
Idará - Pedra de Xangô
Ìdáwò - Consulente de adivinhação
Ide - Pulseira
Ideruba - Fantasma
Idó - Banheiro
Ìdódò - Umbigo
Idunnu - Felicidade
Ifá - Deus dos oráculos e da adivinhação
Ifáiyable - Visão mística
Ìfeseji - Perdão
Ìfun - Intestino
Iga - Quintal de um ancião
Ìgbà - História
Igbá Odù – Expressão yorubá que designa a cabaça ou o artefato
litúrgico que contém no seu interior os elementos simbólicos e as
substancias que tornam possfvel a existência individualizada
Igbado - Milho
Ìgbàlè - Cemitério
Igbá-Orí – Expressão yorùbá que designa, no rito do borí, o recipiente
em que vão sendo depositadas as substancias constitutivas e reveladoras
da identidade do sacrificante
Igbe - Grito
Ìgbín - Lesma, caracol
Igbó - Floresta
Ìgboro - Rua, estrada
Igi - òpe - Palmeira
Ihò - Buraco
Ija - Luta, briga
Ìjábà - Acidente
Ìjéta - Anteontem
Iji - Árvore
Ijo - Dança
Iká – Cumprimento dos filhos de santo aos Orixás masculinos
Ìka – Dedo
Ìkóòdíde - Pena vermelha do papagaio da costa. Simboliza o nascimento
do novo filho-de-santo e a fecundidade
Ìkú - Morte
Ikùn - Estômago
Ilà - Marcas faciais
Ilá - Quiabo
Ìlà Òrùn - Leste
Ilê – Casa
Ilè - Terra
Ilê Aboula - Casa que cultua Egungum
Ilé Okú - Cemitério
Ìlú - Cidade
Ìlù - Tambor
Ìmale - Respeito ao ancestral
Ìmáwò - ara - Encarnação
Imo - ope - Folhas de palmeira
Imonamona - Raio
Imú - Nariz
Iná - Fogo
Inkice - O mesmo que Orixá nos cultos de origem Bantu
Insaba - Folhas
Ió - Sal
Ìpàdé - Encontro
Ipadê - Reunião
Ìpelé - pequena cicatriz facial que indica a linhagem familiar
Ipeté - Comida de Oxum
Ipin - Guardião
Ìpitan - Tradição oral
Ìràwò - Estrelas
Ìrépo - Harmonia
Ìrésì - Arroz
Irin - Ferro
Iró - Mentira
Irun - Cabelo
Ìsàlè - Órgãos reprodutores
Ise - Trabalho
Ìségún - Reverência aos antepassados
Isinkú - Funeral, enterro
Ìtan - História, lenda, mitologia
Ìtefá - Iniciado nos fundamentos de Ifá
Ìwà-àgba - Caráter de um ancião
Ìwà-édá - Natureza
Ìwà - Respeito
Iwájú orí - Testa
Ìwo - Chifre
Ìwo - Tu
Ìwò Òrùn - Oeste
Iwóòrò - Ouro
Ixé - Local onde ficam os assentamentos do barracão
Ìyá-àgan - Mulher mais velha
Ìyá - Mãe
Iya Kekerê - Mãe pequena.
Ìyá nlá - Vovó
Iyabasé - Cozinheira
Iyalaxé - Mãe do axé do terreiro
Ìyálè - Esposa mais velha em uma família
Ìyáloríxà - Mãe de Santo
Iyekan - Ancestrais do pai

J
Já - Briga, luta
Jáde - Sair
Jádeogun - Preparar o combate
Jádi - Atacar
Jagunjagun - Guerreiro, soldado
Jajá - Esteira
Jalè - Roubar
Jé - Acordar
Je - Comer
Je ewo - Má sorte que vem como o resultado de uma violação de um tabu
Jéjé - Rogar uma praga
Jeun - Comer
Jéwó - Confessar
Ji - Acordar, roubar
Jigi - Espelho
Jije - Comer
Jiká - Ombros
Jikelewi - Borrifar
Jimi - Acorda-me
Jó - Dançar
Jóko - Sentar
Jolofô - Coisa inútil ou pessoa tola
Jóná - Estar em chamas
Jóò - Desculpar, perdoar
Jowo - Grande favor
Júbà - Respeitar
Juba - Rezas, pedido
Jurá Oluá - Santuário
Juwó - Acenar

Nenhum comentário:

Postar um comentário