14 de janeiro de 2013

Qualidades Omulu no Candomblé

Candomblé


Afenan ou Afomam: É velho, dança curvado, veste a estopa e carrega 
duas bolsas de onde tira as doenças. Suas cores são amarelo e preto. 
Todas as plantas trepadeiras pertencem-lhe. Tem caminhos com 
Oxumaré e Oyá, de quem é companheiro. Dança cavando a terra 
com Intoto para depositar os corpos que lhe pertencem
Agbagba Jagun: tem fundamento com Oyá
Agòrò: Veste branco, usa biokô com franjas de palha
Ahosuji ou Segí: Tem ligação com Iemanjá e Oxumaré
Ajoji ou Jagun: Tem fundamentos com Ogum e Oxaguiã
Akavan: Tem ligação com Oyá, veste estampado
Arawe ou Arapaná: Tem fundamento com Oyá e Oxalá
Arinwarun Wariwaru: É um título de Xapanã
Avimaje: Tem fundamento com Nanã, Ossanhe e Oxóssi
Azoani: É jovem, veste vermelho, palha vermelha Tem caminhos 
com Iroko, Oxumaré, Iemanjá e Oyá
Azonsu ou Ajunsu: Tem fundamentos com Oxumaré, Oxum e Oxalá. 
Carrega lança e veste branco. É extrovertido, ligado ao tempo, 
às estações do ano e ao culto da terra. É o verdadeiro dono do 
cuscuzeiro. Veste vermelho, preto e branco, na perna esquerda 
leva uma pulseira de aço
Intoto: Suas contas são vermelhas e pretas. É um Orixá 
cultuado em seu assentamento e não vira na cabeça 
de ninguém. O Iaô é feito de Oxum ou Azoani. 
Dá-se comida à terra. Este Orixá é abìkú, portanto não se raspa, 
pois representa o fundo da terra. Come com Ewá, Oyá e Ikú. 
Seus assentos são cultuados ao lado de Nanã e Iemanjá
Ìpòpò: Tem forte fundamento com Nanã, usa biokô
Itetù Jagun: ligado a Iemanjá e Oxalá
Itubé Jagun: É jovem e guerreiro, leva na mão uma lança chamada okó. 
Tem caminhos com Ogunjá, Oxaguiã, Ayrá, Exu e Oxalufã. 
Não come feijão preto e é o único que come Igbin (caracol)
Jagun Agbagba: tem fundamento com Oyá
Posun ou Posuru: Come diretamente da terra. Sua dança mostra 
claramente sua ligação discreta com Exu e com a terra, dança com 
garras nas mãos. Tem caminhos com Intoto, Iroko e Oyá
Segí: Tem ligação com Iemanjá, Oxumare e Nanã
Savalu: Tem forte fundamento com Nanã
Soponna ou Sapata ou Sakpatá: É o mais antigo; é proibido falar 
o seu nome. Na África quando fala-se o seu nome, coloca-se mel na 
boca. Come com Exu e tem fundamento nas encruzilhadas. 
Tem caminhos com Oxóssi e é o deus da varíola e das doenças de pele. 
Usa contas brancas e pretas
Tetu ou Etetu Jagun: É jovem e guerreiro. Come com Ogum e Oyá. 
Veste de branco, usa biokô

Nenhum comentário:

Postar um comentário