14 de janeiro de 2013

Qualidades de Oxum no Candomblé

Candomblé

Abae ou Mabe: Tem ligação com Iemanjá
Abalu ou Abalo: A mais velha de todas, bem idosa. É a chefe das 
mulheres. Maternal, avó amorosa tem numerosos filhos e netos. 
É severa e autoritária. Usa o azul-claro e é a verdadeira dona do 
leque e sempre se apresenta com ele. Come com Iemanjá no rio 
ou na lagoa. Carrega Ogum e uma Iansã. Tem ligação com 
Omulu e Oxossi
Abomi, Omin ou Lomin: Um de seus nomes que significa 
'Senhora da água'. Suas filhas têm o direito de usar o Jogo de 
Adivinhação com até 16 búzios. É considerada uma das mais 
velhas, devido ao longo tempo de culto
Abotô: Também uma velha Oxum de culto antigo, ligada as Iyamís, 
feiticeira, carrega abebe e alfange, tem ligação com Nanã e Oyá de 
culto Igbalé
Afenir: Uma de seuas qualidades
Ajagura ou Ajagira: Jovem e guerreira que leva espada. Tem ligação
com Iemanjá e Xangô. Pertence à nação nagô – Oyo. Casada com 
Aganjú, rival de Iansã. Representa um tipo semelhante à Apará, 
porém é mais orgulhosa enquanto Apará é mais agressiva
Akidã: Tem ligação com Obaluaiê
Apará ou Opará: É a Oxum mais jovem, um tipo guerreiro que 
acompanha Ogum vivendo com ele pelas estradas; dança com 
ele quando se manifestam juntos numa festa. Leva uma espada 
na mão e pode vestir-se de cor de rosa. É a senhora da espada
Àyàlá, Ìyánlá ou Ayla: É a avó das Oxum. Muito poderosa e guerreira. 
Veste o amarelo e o azul-claro. Come com Ogum. Mora nas matas 
e tem caminhos com Obaluaiê. Àyàlá, que também foi esposa de 
Ogum Alagbdé e é conhecida como a "avó" que tocava música 
num fole para fazer dançar Egúngún, mantém estreita 
ligação com as iyami
Aziri: Uma de suas qualidades
Deuí, Dewá ou Ideuá: Tem ligação com Ogum
Ê Wuj Í: É uma Oxum maternal e generosa, saudada no pàdé
Iabomin, Iaokin, Labomi, Kitolomin ou Demin: Ligada a Angola. 
Não tem ligação com os demais Orixás
Iberin ou Merin: Feminina, coquete e muito elegante. 
Aspecto maduro da Orixá. Oxum nova, concentra a vaidade e 
toda beleza e elegância de uma Oxum, dizem que ser a Oxum de 
mãe menininha do Gantois
Ijimu ou Ajímu: Outro tipo de Oxum velha. É a mãe de todas as Oxuns. 
Veste-se de azul claro ou cor de rosa. Leva abebé e seus colares 
são feitos de contas de cristal amarelo escuro. Representa um tipo 
semelhante à Abalu, porém mais meiga. É a responsável por todos 
os otás dos rios. Come com Oxalá e Omolu. Não come bicho-fêmea, 
exceto pata
Ikole: Seu mito a liga a Iemanjá e Ode Erinlé. Transformou- se 
numa ave
Iya Omi: é a Oxum saudada no xirê, também idosa. É aquela que faz 
as perguntas a Exú no jogo divinatório de Ifá
Karê ou Acarê: Muito Guerreira, mas sua arma é um ofá (arco e flecha). 
Muito bonita, jovem, autoritária e agressiva. Veste saia branca 
com forro amarelo-claro. Tem fundamentos com Oxossi. 
Acompanha Iemanjá e Oxalá. Come na lagoa e no encontro das 
águas salgadas com as doces. É manca da perna esquerda e só 
come bichos-fêmeas. 
Tem ligação com Oyá
Kissimbi: Uma de suas qualidades
Lobá-guerê ou Gueré: Oxum velha que dirige os trabalhos do qual 
o auxiliar é o Exu Laboré Fumen. Gueré quer dizer docemente ou 
alegremente. Tem ligação com Xangô
Lokun ou Pòpòlókun ou Potolokun: Conta os antigos que não vem mais. 
É cultuada nas lagoas
Miwá: Uma de suas qualidades
Mileyó: Uma de seuas qualidades
Mouwò: Oxum ligada a Olokun e Iemanjá, grande poder das iyamís, 
veste-se de cores claras e usa abebé e ofange
Ninsin: Tem ligação com Nanã
Odó: É a Mãe das Ancestres. É muito parecida com Iemanjá. 
Veste branco e azul. Come com Oxalá e Iemanjá. Senhora dos perdões. 
Reside nas nascentes dos rios
Oga ou Oja: Enquizilada e briguenta, outra Oxum velha e muito guereira, 
carrega abebe e alfange
Ôkê, Loke ou Oloko: Apresenta-se como caçadora, mais também 
é muito guerreira. Vive no interior das matas ou florestas e é associada 
às Iyami. Veste amarelo-ouro e usa ofá, traz ainda uma espada e o 
abebê. Come com Oxossi e Ewá somente a caça. Foi esposa do 
mais velho Oxossi que existe e criou os filhos que lansã teve com 
seu marido, aliás, só permitia que Oyá tratasse de seus filhos 
quando eles adoeciam
Ominibu ou Minibu: Tem ligação com Oyá. Carrega os apetebis
Onira: Oxum guerreira
Petu ou Ipetu: Aspecto maduro da Orixá. É guerreira e cultuada nas 
lagoas. Dizem não incorporar mais
Ponda ou Ypondá ou Pandá: Esposa de Oxossi Ibualama. Porta um leque. 
É mãe de Logun Edé e com sua espada guerreia bravamente. 
Vive no mato com seu marido. Veste amarelo-ouro e azul-claro na 
barra da saia. Relacionada ao fogo e aos cemitérios, tem ligação com 
Egun. A pata é a sua maior quizila, seu bicho de fundamento é a tartaruga. 
É uma jovem da cidade de Iponda. Tem ligação com Ogum, Oyá, 
Oxossi e Oxaguiã. Come com Iemanjá e Oxalá. Alguns dizem ser 
 companheira de Omulu, é muito feiticeira, desconfiada, astuta, 
observadora e intuitiva
Yaboto, Oxogbo ou Ogbo: Aspecto maduro da Orixá. Feminina e coquete, 
muito bonita e vaidosa. Relacionada ao parto e ao nascimento, ajuda
as mulheres a terem filhos. É a origem de Oxum. É a Oxum das nascentes 
e dos encontros das águas doces e salgadas. Veste amarelo-ouro e 
azul-claro. Ela deu origem ao nome da cidade de Osogbo. Tem 
fundamentos com Iemanjá e Oxalá. Geralmente seus filhos são Àbìkús. 
Dizem ser feita no lugar de Ifá, apesar de vermos que muitos fazem 
no lugar de Ifá o assento de Oxum Abomi
Timi: Tem ligação com Xangô
Yoni ou Vinsi: Tem ligação com Ogum

15 comentários:

  1. Gostaria de saber ,a qualidade de oxum alade, que não vejo nesta lista.podem me mandar um email, sobre esta oxum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Infelizmente não localizamos nenhuma referência às características da Oxum Aladê.

      Excluir
    2. Olá, vocês não sabem informa nada sobre a Oxum Aladê?!

      Excluir
  2. Gostaria de saber a qualidade de Oxum Yeyeoke que não parece nesta lista
    Grata,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Edimar
      Yeye Okê é a mesma Ôkê que está relacionada na postagem acima.

      Excluir
  3. Gostaria de saber se existe Iemaja Yaboto ou se esta caracteristica se refere apenas a Oxum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Encontramos referências de que se trata de uma qualidade de Oxum, porém tem fundamentos com Iemanjá.

      Excluir
  4. Oi,

    Eu não frequento candoblé ou umbanda com frequência, mas gosto muito de estudar a mitologia.
    Recentemente sonhei com uma mulher vestida com roupas que me pareceram de orixá.
    As roupas eram azul escuro (tipo turquesa) com detalhes dourados. No próprio sonho achei que era Oxum, embora não conheça tão bem pra saber se Ela veste essas cores. Ela me puxava pelo pé pra um rio. E eu tinha muito medo, porque ja quase me afoguei num rio e temia entrar e não conseguir mais sair.
    Não sei se foi só um sonho aleatório ou se eu devia pensar mais sobre o seu significado. Alguem pode me dar uma dica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thais
      Tudo que você relatou do sonho remete a Oxum, porém é dificil dizer exatamente o que o mesmo representa. Indicamos que você procure um Babalorixá ou uma Ialorixá para jogar búzios e assim ter certeza de seu significado.

      Excluir
  5. no meu ilê me deram prá oxum epanda com ogum onira... isso é possível?

    ResponderExcluir
  6. Bom dia
    De acordo com os fundamentos que seguimos Oxum Epandá faz ajuntó com Ogum Adiolá.

    ResponderExcluir
  7. Gostaria de saber sobre oxum doco Se existe essa quantidade

    ResponderExcluir
  8. Gostaria de saber sobre oxum doco Se existe essa quantidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rose essa qualidade existe sim porém no batuque.

      Excluir
  9. Queria saber sobre a oxum Aladê

    ResponderExcluir