12 de novembro de 2012

Pierre Verger - Mensageiro entre dois mundos

Documentário que traz um importante trabalho de pesquisa realizado pelo diretor Lula Buarque e o roteirista Marcos Bernstein, que estiveram na África, na França e na Bahia em busca da trajetória do fotógrafo e etnógrafo francês Pierre Verger. Filme narrado e apresentado por Gilberto Gil que traz a última entrevista de Pierre filmada um dia antes de seu falecimento, em 11 de fevereiro de 1996, além de extenso material fotográfico, textos produzidos por ele e depoimentos de amigos como o documentarista Jean Rouche, Jorge Amado, Zélia Gattai, Mãe Stella, Pai Agenor e o historiador Cid Teixeira. A tão famosa ponte criada por Verger entre a cultura negra na Bahia e na África, rompida desde os anos 40, é restabelecida no filme quando Gilberto Gil refaz o papel de mensageiro e percorre os mesmos caminhos do fotógrafo. Outra descoberta de Verger apresentada no filme, são os descendentes da única colonização feita por brasileiros: os "Agouda", africanos, habitantes do Benin e da Nigéria, que ainda hoje cultivam influências brasileiras trazidas por ex-escravos que retornaram do Brasil ao continente africano.

15 de Novembro - Dia Nacional da Umbanda

No dia 15 de novembro comemoramos o dia da nacional da Umbanda, e queremos prestar uma homenagear a você, que vai ao terreiro demonstrar sua fé, seu comprometimento e sua vontade de aprender.
Dedicamos esse dia a você, que não usa guias no pescoço somente para fazer peso ou enfeite, e sim porque sabe a verdadeira importância de se ter uma segurança.
Dedicamos esse dia a você que não veste o branco só por que te mandaram, e sim porque sabe o real significado de igualdade.
Dedicamos esse dia a você, que comparece em dia de sessão não para fazer desfile de moda ou jóias, tentando demonstrar que possuiu uma entidade mais enfeitada e bonita, e sim que sabe a importância de se ter uma entidade firme e afinada com nós mesmos para que possamos crescer cada vez mais.
Dedicamos esse dia a você, que sabe respeitar a hierarquia e não está praticando a religião apenas para conseguir títulos.
Dedicamos esse dia a você, que vai a todas as sessões e fica na assistência  somente para sentir toda a energia que emana das entidades.
Dedicamos esse dia a você, que mesmo após trabalhar um dia inteiro, entra na corrente para demonstrar o seu amor e sua vontade de fazer caridade.
Dedicamos esse dia a você, que é cambono ou tamboreiro, pois sabemos da extrema importância de cada um para o bom andamento da sessão. 
E finalmente, dedicamos esse dia tão sublime a você, filho de Umbanda que não sabe explicar, mas somente sentir o verdadeiro significado da palavra Fé!