25 de dezembro de 2012

25 de Dezembro - Dia de Oxalá

Oxalá é o Orixá associado à criação do mundo e da espécie humana. É considerado e cultuado como o maior e mais respeitado de todos os Orixás do panteão africano. Simboliza a paz, é calmo, sereno, pacificador. A Oxalá pertencem os olhos que vêem tudo. Oxalá é alheio a toda a violência, disputas, brigas, gosta de ordem, da limpeza, da pureza. O nome Orisanlá veio da África e aqui foi contraído dando origem à palavra Oxalá, e com esse nome passou a ser conhecido e divididos em várias qualidades, sendo duas principais: Oxalufã e Oxaguiã, sendo este último, jovem e guerreiro, filho do primeiro, mais velho e paciente. Todas as histórias que relatam a criação do mundo passam necessariamente por Oxalá, que foi o primeiro Orixá concebido por Olodumaré e encarregado de criar não só o universo, como todos os seres, todas as coisas que existiriam no mundo. A maior interdição de Oxalá é de fato o azeite-de-dendê, que jamais deve macular as suas roupas, os seus objetos sagrados e muito menos o seu Alá, que representa a própria criação e está intimamente relacionado com a concepção de cada ser. A sua função primeira já remete ao seu significado profundo. No Xirê, Oxalá é homenageado por último porque é o grande símbolo da síntese de todas as origens.


Oferenda para Oxalá:
 Arroz doce
 Leite de coco
 Mel
 Coco ralado
 Merengue
 4 ovos cozidos

Cubra-nos com seu manto e nos conceda sua misericórdia!
Êpa o Babá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário