4 de outubro de 2012

Mariene de Castro - Ponto de Nanã


Oxumarê me deu dois barajás
Pra festa de Nanã

A velha deusa das águas

Quer mugunzá
Seu ibiri enfeitado com fitas e búzios
O ponto pra assentar

Mandou cantar

Ê, Salubá!
Ela vem no som da chuva
Dançando devagar seu ijexá

Senhora da Candelária, abá

Pra toda a sua nação iorubá


Download:

Um comentário: