11 de outubro de 2012

12 de Outubro dia de Oxum

Oxum é a Orixá que domina as mulheres de modo geral. É conhecida como Orixá da fertilidade e do amor e também é a protetora das gestantes junto com Iemanjá. Representa a beleza e a pureza, sendo evocada nos templos de Umbanda para limpeza fluídica das pessoas e do ambiente. A atuação de Oxum nos trabalhos de Umbanda indica alguém extremamente caridoso, capaz de fazer sacrifícios no lugar do próximo. As caboclas de Oxum quando manifestadas fazem movimentos suaves com os braços como que atraindo para si o sentimento das pessoas, renovando-os e transformando-os em sentimentos de união. Emitem longo choro, dando passes e reativando as energias positivas daqueles que necessitam dessa mudança e renovação. Os filhos de Oxum amam espelhos, jóias caras, ouro, são impecáveis no trajar e não se exibem publicamente sem primeiro cuidar da vestimenta, do cabelo e, as mulheres, da pintura. As pessoas de Oxum são vaidosas, elegantes e sensuais.

Lenda de Oxum

Filha de Oxalá, Oxum sempre foi muito interessada em aprender de tudo um pouco. Como sempre foi muito manhosa e mimada, conseguia tudo o que queria do pai.  Certa vez decidiu que queria aprender a ver o seu futuro nos búzios. Foi pedir a seu pai que lhe aconselhou procurar Exu, pois tal poder havia sido concedido a ele por Ifá. Oxum foi procurar Exu que se negou a ensinar-lhe o seu segredo. Percebendo que Exu estava intransigente, Oxum resolveu procurar as feiticeiras da floresta para ensinar-lhe uma magia para enganar o Exu. Elas lhe deram um pó mágico que em contato com os olhos do Exu o deixaria cego por algum tempo.


12 de Outubro

Oxum, fingindo estar brincando com Exu, soprou o pó em seus olhos, que ficou desesperado em recolher os seus búzios. Oxum, demonstrando-se interessada, o ajudou a recolher peça por peça conferindo o nome e seus significados. Exu na ânsia de recolhê-los, foi falando todo o segredo dos búzios a Oxum sem se dar conta até chegar ao último Odu. Muito inteligente, Oxum guardou o segredo do jogo e voltou ao seu reino, deixando para trás um Exu com os olhos irritados e desconfiado que havia sido passado para trás.


Ponto de Oxum:
Se a minha mãe é Oxum
Na Umbanda e no Candomblé
Ai ie ieu
Ai ie ieu mamãe Oxum
Orixá desça e venha nos abençoar
Mas ela vem beirando o rio
Colhendo lírios pra nos ofertar
Ai ie ieu
Ai ie ieu mamãe Oxum
Orixá desça e venha nos abençoar

Que sua doçura e seu amor recaia sobre nós, nos amparando em todos os momentos difíceis, minha rica Mãe!
Ore Ie Ieu Oxum!





Nenhum comentário:

Postar um comentário